Como verificar o líquido dos travões

O líquido dos travões é uma parte essencial do sistema de travagem hidráulica. Sem ele, ou sem líquido suficiente, a força aplicada no pedal do travão não seria transmitida às pinças, pastilhas e respectivos discos.

O ponto de ebulição do liquido dos travões é muito elevado, porque as temperaturas que resultam da acção da travagem são muito altas. Sendo que a formação de borbulhas neste liquido, consequência das altas temperaturas, são uma das principais causas da deterioração dos travões.

Além disso, as temperaturas de congelamento do líquido são muito baixas, para que não se congelem com o frio. Quanto maior o índice do DOT (Department of Transportation), maior é a temperatura de ebulição: 205 °C (DOT 3), 230 °C (DOT 4) ou 260 °C (DOT 5.1)

A garrafa que contém o líquido deve ser depositada num contentor de resíduos especiais, uma vez terminado/vazio. É muito importante que utilize sempre o líquido adequado. Um líquido em mau estado, inadequado, fora do prazo validade ou alterado pode danificar o sistema de travões, fazendo com que inche as peças de borracha e os copos do cilindro mestre. Se isso acontece, provávelmente vai ter que mudar todas as peças afectadas e limpar o sistema.

coche vs liquido de frenos

Recomendamos o uso de equipamento de proteção antes de mudar ou verificar o líquido dos travões (óculos de proteção e luvas de látex), já que é muito tóxico, irritante aos olhos e à pele se em contato. Além disso, se acontece algum tipo de derramamento de líquido, deve limpá-lo o mais rápido possível, porque corroi imediatamente os componentes, como as tintas e plásticos.

Como verificar o líquido dos travões:

  1. Com o motor desligado e frio, abra o capô e localize o reservatório/depósito do cilindro mestre do travão. Normalmente encontra-se no lado esquerdo, o do motorista.

liquido-frenos

  1. Se a reserva cilindro mestre é transparente, assegure-se que o líquido de travão se encontra entre os indicadores de mínimo “Min” e Max “Max”. Se não é transparente e, portanto, não consegue ver o nível, remova a tampa do depósito para verificar o nível.

 

  1. Limpe a tampa do despósito para evitar a entrada de sujidade no cilindro mestre.

max-min

  1. Verifique agora o nível do líquido de travão correto na dita reserva. Se necessário, adicione o tipo de líquido de travão recomendado para seu do veículo, que é normalmente DOT3 ou DOT4. Entre em www.autingo.com.pt ou ligue 308 804 772 e ajuda-lo-emos a escolher o indicado para o seu carro. Temos uma grande variedade de líquidos de travão, bem como marcas, capacidades e tipos.

 

  1. Finalmente, volte a colocar a tampa de volta. Devido ao líquido de travão ser hidroscópico ( significa que atrai e absorve a humidade, por exemplo, do ar), corre o risco de que se por acaso deixar tampa retirada muito tempo, pode diminuir significativamente o seu ponto de ebulição.

 

NOTA: Se o depósito do líquido de travão estava vazio ou quase vazio, recomendamos uma inspecção completa ao sistema de travagem.

Como mudar o filtro de combustível passo a passo

O filtro de combustível: A sua função é fundamental para manter os injetores limpos e livres de impurezas e obstruções  do combustível. A bomba de combustível envia combustível para o motor que passa primeiro através do filtro, que é responsável pela retenção dos resíduos.

Ao contrário de outros tipos de filtros , não é aconselhável limpar o filtro de combustível de um carro já que as suas vantagens são quase inexistentes, devido aos residuos que se encrostam e que acabam por permanecer mesmo que se tente limpar, comprometendo o bom funcionamento do motor . Desta feita, recomendamos que faça a troca por um filtro novo.

Os profissionais recomendam mudar o filtro de combustível a cada 30,000 km para garantir que os injectores , a pressão da bomba e os circuitos estão em boas condições por mais tempo. O filtro de combustível situa-se entre o tanque e a bomba . Se o filtro estiver obstruindo poderá causar danos significativos ao motor e pode até deixar de funcionar.

 

diagrama_sistema_combustible

 

FERRAMENTAS: Mudar o filtro de combustível normalmente só requer ferramentas básicas, como uma chave de fendas, chave inglesa e um alicate. Digo normalmente, porque as ferramentas específicas vão depender da forma como o filtro de combustível se encontre conectado ao sistema de combustível.

Como mudar o filtro de combustível passo a passo:

  1. Comprar um novo filtro de combustível. Para fazer isso você tem que verificar as especificações técnicas no manual do veículo ou pode-nos ligar e perguntar-nos. Nós temos uma variedade de filtros multi-marca na nossa pagina, em autingo.pt por desde apenas 3 €

  2. Dependendo de onde se encontre o filtro de combustível do seu carro, este pode precisar de um macaco para levantar o veículo. Se este for o caso, certifique-se de puxar o travão de mão de e bloqueie as rodas.

  3. O filtro de combustível está normalmente conectado ao circuito de gasolina em dois lados: o lado de admissão e o lado de saída. O filtro pode ser encontrado tanto no final do circuito do combustível, perto do reservatório, como antes do motor. O filtro para reduz a pressão no circuito, evitanto  que o combustivel  saia propulsado gerando um risco elevado. Para reduzir a pressão que você tem que desligar o fusível da bomba de combustível.

  4. Desligar o borne negativo da bateria para minimizar a possibilidade de uma faísca.

  5. Retire o filtro velho. Desconecte os manguitos de entrada e saída, do filtro para posteriormente extrai-lo. É aconselhável envolvê-la em um pano para evitar o derramamento de combustível durante a remoção.

  6. Colocar o novo filtro. A maioria dos filtros tem uma seta que indica a maneira pela qual o combustível flui (entrada e saída), então certifique-se de não colocá-lo de cabeça para baixo. Coloque o novo filtro no suporte de montagem e, em seguida, as duas mangas de ligação de entrada e saída.

    filtro-de-combustible-herbon

  7. Volte a ligar o fusível da bomba de combustível e do terminal negativo da bateria.

  8. E pronto! Ligue o motor. Não entre em pânico se não arrancar à primeira  e você precisa de várias tentativas. Isto é porque a pressão diminuiu dramaticamente durante a mudança de filtro.

Como mudar um retrovisor passo a passo

Não é algo tão estranho não calcular distâncias bem e por distração ou de visualização espacial ou de falha ao virar na curva, para ultrapassar esse carro estacionado em fila dupla ou quando estamos a estacionar … e “pumba” lá se foi o espelho retrovisor. Mas não entre em pânico! O reparo não requer ter estudado engenharia e pode fazê-lo você mesmo com um pouco de tempo.

Mudar o espelho, logo que possível é fundamental. Sem um espelho retrovisor perdemos visibilidade aumentando assim o famoso angulo-morto. Portanto, temos de considerar os espelhos são a extensão da nossa visão na estrada.

Como mudar um retrovisor passo a passo:

1. Encontre um retrovisor que seja específico para o seu carro. Em Autingo temos um extenso catálogo de peças de reposição para o seu carro. Se você tiver dúvidas sobre a referência exata que precisa, ligue-nos e nós iremos aconselhá-lo sem compromisso.

2. Junte as ferramentas necessárias.

Ferramenta

 

a) Chave de fendas

b) Chave de fendas de Extensão

c) Útil para alavancagem

 

3. Solte o botão de plástico usado para mover o espelho do interior do veículo.De seguida tem que remover o plástico de guarnição com a ferramenta indicada.

1

Imagem AutoBild.es

 

4. Desaperte a peça para remover os cabos de suporte de aço que prendem o espelho. A maioria dos carros tem apenas três parafusos. Tenha muito cuidado ao remover os parafusos de modo que não caiam dentro do painel ou seria muito caro em termos de tempo, remova-los de lá.

2

Imagem AutoBild.es

5. Solte o mecanismo de cabos de aço. Segure o espelho neste passo, para que ele não escorregue e atinja a pintura do carro.

6. Retire o espelho da porta usando chave de fendas. Tenha cuidado para que os parafusos não caiam na caixa.

Quitalo

Imagem AutoBild.es

7. Coloque o novo retrovisor, seguindo os passos acima, na ordem inversa. E PRONTO! Agora pode assegurar-se que terá uma visibilidade total. Assegure-se que que tem os seus espelhos retrovisores bem regulados, cobrindo todos os ângulos antes de conducir.

ultimo paso

Imagem AutoBild.es

TROCAR AS PASTILHAS DE TRAVÃO PASSO A PASSO

YES YOU CAN! Vai se surpreender ao saber que pode fazer a troca das as pastilhas de travão do seu carro com facilidade e sem a necessidade de ferramentas especiais. Garanto-lhe que ao fazê-lo, vai economizar muito dinheiro.

Quase todos os carros de hoje em dia têm travões de disco dianteiros. Os travões dianteiros tendem a desgastar-se mais rapidamente do que a parte traseira (que tanto pode ser de disco como de tambor), o qual precisa de ser trocado mais frequentemente. Como saber se tenho que trocar as pastilhas dos travões?

Visualmente, conseguirá ver o desgaste das pastilhas na redução da espessura destes e pelo som “chiado” que emitem, quando pressiona o pedal de travão, pode ser outro indicador.

OUTRO CASO POSSÍVEL: Se a frente do carro da vibra quando pisa o pedal do travão, pode ser um indicador de que os seus travões estão deformados.

TEMPO NECESSÁRIO: 1 hora.

O DINHEIRO POUPADO: 150 euros para a maioria dos carros e algo mais para os carros de gamas altas. Recomendo-lhe que dê uma “vista de olhos” nosso site para encontrar as melhores peças auto ao melhor preço (www.autingo.es)

FERRAMENTAS NECESSÁRIAS:

– Luvas mecânicas reutilizáveis ​​para proteger as mãos e mantê-las limpas.

– Um macaco hidráulico ou mecânico e um suporte de madeira.

– Uma chave de cruz.

– Útil para retrair o pistão.

– Chave inglesa

– Seringa para sangrar os travões.

MATERIAIS NECESSÁRIOS:

– Pastilhas de travão novas. Clique no link a seguir para encontrar os preços mais competitivos em pastilhas de travão. (Http://goo.gl/ddb3dc)

– Uma lata de liquido de travão.

NOTA: Por razões obvias,deverá substituir as pastilhas colocando-se ao lado do carro do início ao fim. Gire o volante para a roda na qual está trabalhar fique arqueou para fora e, assim, ter um melhor acesso aos travões.

TROCAR AS PASTILHAS DE TRAVÃO PASSO A PASSO:

1. Solte as porcas da roda. Coloque um suporte de madeira debaixo do carro para o macaco e de seguida levante o lado do carro pelo qual vai começar a troca. Termine de remover todas as porcas e retire a roda. Após isso, terá acesso total ao sistema de travagem.

1

2. Encontre os pernos/passadores deslizantes que prendem a pinça ao seu sitio. Normalmente, basta remover o parafuso inferior.

2

3. Depois de retirar o parafuso inferior, pinça de travão sata para fora ( como mostrado na fotografia abaixo) Observará uma mangueira de borracha , que é um cabo hidráulico que é flexível, pelo que não será necessário desconectá-la . Se vir que tem que desconectar para substituir as pastilhas, significa que você está fazer algo errado. Recomendos que volte montar tudo e procure ajuda numa oficina profissional.

3

4. Com a pinça para fora, é fácil ver a espessura das pastilhas de travão para confirmar se realmente precisam de ser mudadas. A maioria das pastilhas de travão contêm indicadores de desgaste, pequenas abas de metal que rangem quando a tocam no disco . Se essas abas não ainda não tocam no disco, as pastilhas encontram-se gastas se a sua espessura é inferior a 3 mm.

4

5. A maioria das pastilhas novas trazem alguns umas pequenas chapas de metal que permitem que as pastilhas deslizem para frente e para trás com facilidade. Troque as velhas pelas novas. Estes não têm quaisquer parafusos que as seguram . Verta-lhes um pouco de óleo para evitar o ranger característico. Também aplicar um pouco de óleo nas peças de metal das pastilhas para facilitar o encaixe.

5

6. As novas pastilhas têm de entrar tão facilmente como sairam as velhas, embora em alguns casos as novos chapas de metal possam ficar mais justas.

7. Os pistões empurram as pastilhas que roçam contra o disco para travar o carro . O seu carro pode ter um ou dois pistões por roda (dois pistões , no caso da imagem abaixo ), mas a teoria é a mesma . Antes de voltar a colocar estes pistões no lugar, estes têm de ser empurrados para trás, para assim podem introduzir as novas pastilhas (estas sim, mais grossas que as antigas).

7

8. Use umas pinças para empurrar os pistões. Uma pressão contínua e paciência são as chaves para esta etapa. Também é possível usar um filão de madeira (como mostra na foto acima) de largura suficiente para empurrar os dois pistões de cada vez, no caso de ter dois.

9. Quando o pistão se encontre na sua posição, o fluido de freio vai subir lentamente. Quando mudar as pastilhas em mais de uma roda, o liquído aumentará e poderá derramar. Para evitar e antes de isso aconteça use uma seringa para extrair um pouco do liquído, o que é conhecido como purga do travão.

10. Coloque de volta os parafusos no lugar. Gire a direcção, colocando as rodas em linha reta e volte a montar a roda. Depois disto baixe o carro e retirar o macaco.

11. Recomendamos que deixe o carro em um espaço seguro para se certificar de que tudo funciona corretamente . E parabéns , você consegui! Não só mudou as pastilhas de travão você mesmo, como também poupou dinheiro do seu bolso. Agora já pode voltar a conduzir com segurança e com confiança!

 

 

Como trocar uma lãmpada de carro em três passos

Poder ver a estrada quando anoitece é um verdadeiro prazer e realmente apercebemo-nos disso quando se estraga uma lâmpada do nosso carro. Estamos a falar de um elemento-chave para a segurança na estrada à noite, por isso, se as suas lâmpadas deixaram de funcionar corretamente, ou luzem com menor intensidade, não hesite em troca-las  quando lhe for possível.

À priori, não é uma tarefa muito difícil, mas a verdade é que não existem instruções nem muito claras nem adequadas sobre como fazê-lo passo a passo. Depois muitos pedidos, colocamos aqui no blog como trocar uma lãmpada de carro em três passos.

A primeira coisa que precisa saber é que tipo de luz que você necessita. As lâmpadas classificam-se segundo o seu casquilho, a sua potência e a sua tensão de funcionamento. A tensão mais usada em carros modernos 12V, quase exclusivamente. No entanto, em caso de dúvida dê uma vista de olhos no manual para o seu carro. Se preferir, pode ligar ou escrever para e fazemos a consulta por si, com todo o gosto (www.autingo.com.pt)

tipos luces

 

NOTA: Embora possa pareça uma tarefa simples, é importante manter alguma segurança. Não mude a lâmpada perto de quaisquer líquidos ou dias chuvosos. Certifique-se de ter desligado a ignição e luzes.

1. Remova o cabo de alimentação: Você tem que soltar a pinça/encaixe na parte superior do cabo. Para isso, tem que pressioná-lo para baixo e, em seguida, retire-o. A lâmpada é esse elemento que sobressai no porta-lampadas, e o clipe assemelh-se um pouco a um alfinete de roupa, localizada imediatamente acima dos fios que se vêm. (Algumas lâmpadas levam um anel de plástico com rosca para manter as lâmpadas fixas: somente basta desapertar-las)

Pinza

2. Retire a lâmpada velha e insira a nova: A extracção não tem nenhum segredo, é só desapertar, mas quando introduzir a nova, necessita ser cuidadoso, pois estas são muito delicadas. Nunca pegue na lâmpada pela parte superior, é extremamente recomendável pegar nelas pela base.Enrosque a lâmpada de volta no cabo de alimentação e certifique-se que permanece bem fixada no seu lugar.

Pinza2

3. Certifique-se de que funciona corretamente: Feche o capot e acendenda as luzes. Se não funciona verifique se o cabo está conectado corretamente e / ou que você não tenha desligado acidentalmente a bateria.

E pronto! Além de ter poupado algum dinheiro, tem seu carro pronto para uma condução segura mesmo nas noites mais escuras.